Óleo Diesel

O combustível que move o Brasil

  • O Diesel é o combustível mais consumido no Brasil, utilizado principalmente pelos veículos de carga, de transporte público e máquinas agrícolas.

    É derivado do petróleo e seu nome é uma homenagem ao engenheiro alemão Rudolf Diesel, o criador do motor à combustão interna por alta taxa de compressão.

    É obtido através da destilação do petróleo bruto, sendo constituído basicamente por hidrocarbonetos. O óleo diesel é um composto formado principalmente por átomos de carbono e de hidrogênio e possui baixas concentrações de enxofre, nitrogênio e oxigênio. É pouco inflamável e pouco volátil. Possui odor forte e característico.

    De acordo com a determinação da ANP (Agência Nacional do Petróleo) o diesel comercializado no Brasil possui a adição de um percentual de biodiesel, visando ampliar o uso de biocombustíveis, que são renováveis e geram valor agregado para nossa produção agrícola.

  • diesel-img

Buscando reduzir o impacto ambiental do uso de diesel, a Petrobras aprimorou sua produção e desenvolveu dois tipos, ambos revendidos pela Ravato Diesel:

– S 500, possui teor máximo de enxofre de 500 mg/kg (ou ppm). Utilizado pelos veículos fabricados até 2012. Possui número de cetano de 42. Este número mede a qualidade de ignição.

– S 10, possui teor máximo de enxofre de 10 mg/kg (ou ppm). Utilizado pelos veículos fabricados a partir de 2012 (de acordo com o Proconve 7, ou P7). Possui número de cetano de 48. Este número mede a qualidade de ignição. Além disso, possui uma faixa estreita de variação da massa específica (820 a 850 kg/m³) e uma curva de destilação com a temperatura dos 95% evaporados de no máximo 370ºC.

Abaixo listamos os principais benefícios do Diesel S-10:

  • Nos veículos a diesel fabricados a partir de 2012, já  com modernas tecnologias de tratamento de emissões, proporciona uma redução de até 80% das emissões de material particulado (MP) e de até 98% das emissões de óxidos de nitrogênio (NOx).
  • Melhora a partida a frio e reduz a emissão de fumaça branca.
  • Diminui a formação de depósitos e a ocorrência de desgastes no motor.
  • Melhora o desempenho dos motores diesel em geral comparado ao Diesel S-500.
  • Aumenta os intervalos de troca do lubrificante.

Curiosidade: Os caminhões, ônibus e máquinas antigos também poderão utilizar o Diesel S-10.

Os benefícios do diesel de baixo teor (S 10) relacionados à conservação do motor podem ser usufruídos pelos veículos fabricados antes de 2012. No entanto os benefícios ambientais serão menores quando comparados com os que veículos P7 proporcionam, e até mesmo nulos no caso de veículos muito antigos. Nos motores atuais, com tecnologia P5 (equivalente ao Euro 3), o benefício é a redução de 10 a 15% na emissão de material particulado.